Translate

PROJETO ESSÊNCIA DO SER

PROJETO ESSÊNCIA DO SER
Informações e Inscrições :www.projetoessenciadoser.blogspot.com

Somos todos UM

Remember To Breath

Encruzilhada

Natureza-

Medinesp 2013- Maceió

Medinesp 2013- Maceió
Lançamento do livro HOMEOPATIA e ENERGIA

Lição de Vida

Efeito Isaías- Poder da Oração

telepatia entre cães e donos

A Cura atraves das Emoções -1

A Cura através das Emoções 2

A Cura através das Emoções 3

A Cura através das Emoções 4

A Cura através das Emoções 5

Despertando seu Gênio Interior

Despertando seu Gênio Interior 2

Despertando seu Gênio Interior 3

Despertando seu Gênio Interior 4

29 de ago de 2009

Etapas de Desenvolvimento Espiritual

Podemos afirmar que falar em etapas no processo Espiritual, se assemelha ao crescimento de uma semente, que durante o seu processo de crescimento encontra várias fases distintas. Assim como Homem nasceu da junção de um óvulo com um espermatozoide, a semente que une á terra, também ela dá origem a Vida, tornando-se Árvore.
Durante o seu Processo de Crescimento etapas são ultrapassadas de forma a permitir o evoluir do mesmo.

A semente uma vez colocada no chão vislumbra a LUZ, mas depressa com a vinda da chuva faz rumo ao solo. Contudo a semente só tornar-se-á, Árvore e Vida, se germinar e com isso romper o subsolo, toda a semente que se mantenha, por baixo do solo jamais saberá o que é o verdadeiro significado de SER Vida.

Todo Homem veio ao Mundo para SER feliz, assim como a parábola da semente, ele Homem também vislumbrou a Luz enquanto criança, e acreditou que o mundo podia SER, um Mundo feliz e mágico. Contudo são inúmeros os que permanecem debaixo do solo, e não acreditam no sonho que em tempos tiveram enquanto crianças.

A etapa inicial, é de facto a vinda a este planeta enquanto criança. Uma criança que na sua maioria das vezes demonstrou ser feliz, contudo é ainda antes da vinda ao planeta que a Criança obtém informação energética, através do DNA, das emoções, dos sentimentos e pensamentos que a Mãe experiência enquanto grávida.
Todas as fortes emoções, sentimentos, receios, choques, pensamentos, e ideias, são assim transmitidos pela conexão directa da Mãe ao feto em
forma de energia, uma energia que será revelada mais tarde no subconsciente e nas atitudes da Criança para com a Vida.
A medida que a criança cresce, o seu sonho de SER feliz, é alterado e incutido o sonho colectivo da sociedade, a criança desenvolve uma identidade, e com isso o ego ganha uma vida ilusória, criando assim a crença na separação da criança para com Mundo.
Ainda durante o crescimento, a Criança lentamente se esquece do Mundo mágico que em tempos presenciou, para agora se envolver num mundo de separação, confusão, repleto de dogmas, ideias e pensamentos.

Situações de conflito entre o meio que presencia são assimilados, traumas, ressentimentos, acontecimentos familiares, amigos ou desconhecidos, toda a informação é lentamente assimilada, como uma esponja que absorve agua, também a criança absorve agora toda a energia.
É lhe ensinado, e incutido que agora, separado do todo, a vida se rege com parâmetros inversos, a vida consiste no acumular de energia, quer em forma de conhecimento estatuto, bens materiais etc. O agora sentimento de estar separado, induz-o a crer que é um ser imperfeito e incompleto, fazendo com que a crença no ego se auto perpetuo e fortifique o conceito ilusório de estar separado.

Julgando assim que é um SER que necessita e carece de algo, é então que já adolescente o jovem Homem mergulha na ilusão que é a corrida dentro do tempo, sempre em busca de algo, quer seja um bem material, estatuto social, académico. A valorização individual face a uma sociedade que reflecte a importância da individualidade, e não o do todo.

É nos ensinado que quanto mais temos, mais somos, vivendo sempre em prol de um exterior que ditou as regras. É então o acumular de energias, em forma de pensamentos, ideias, dogmas, receios, e crenças, que faz com que lentamente o Homem coloque, as capas e as mascaras sobre o que em tempos era visível, a sua pureza, inocência e originalidade, que só em tempos de criança era lhe inato demonstrar.
Todo este acumular, lentamente a seu tempo revela-se supérfluo sem significado e um fardo demasiado pesado de sustentar, criando assim um sentimento de sacrifiçio para com a Vida.

A Etapa que se segue, é deveras uma das mais importantes, Agora já Adulto e "maturo" a etapa consiste na tomada de Consciência que algo na Vida não faz sentido, o que em tempos foi transmitido pela sociedade, está agora de alguma forma "errada", não funcionando bem. A duvida de que algo mais possa existir, e que a Vida "esconde" a possibilidade de SER vivida de outra forma é posto em causa. Pela primeira vez em muito tempo o Homem abre-se de forma genuína á Vida, permitindo a ele mesmo, o reconhecimento que ele próprio e a sociedade podem estar "enganados - iludidos". Com esta abertura ele reconhece também que tudo que aprendeu e assimilou pode não servir o presente, e abertura ao Novo, á Vida, pode e deve ser feita.

A próxima etapa, A abertura ao Novo, lentamente se faz sentir, a prioridade passa a SER ele enquanto essência consciência e honestidade que é, a sua vontade em querer saber mais, conduz-o á experiencia. Em simultâneo a sincronicidade toma o seu lugar, coincidencias deixam de ser coincidencias, pessoas livros e informação chegam na altura no momento e no sitio certo. Contudo com o passar do tempo, o entusiasmo de quem se julgou no processo espiritual como alguém evoluído, depressa se revela como algo transitório e efemero, a vida continua a não corresponder inteiramente às sua expectativas.

Nesta fase o ego ainda está muito presente, a crença de que somos um individuo separado é indiscutivelmente forte, e com isso o tropeçar no processo Espiritual é uma constante, a vida está a demonstrar que o "caminho" que seguimos não é propriamente o mais "correcto". É então reconhecido que o exterior são meras setas e símbolos, que apontam para uma verdade bem mais profunda, e interior, uma verdade agora aceite como única e "individual". Aquele que reconhece nesta fase a possibilidade de que a verdade está em si, e não no exterior, lentamente revela uma fé indescritível no desconhecido, mas paradoxalmente sabe que existe "algo" em si que sabe, que o processo vale a pena e que a loucura de seguir em frente faz sentido. A palavra loucura de certa forma começa lentamente a fazer parte desta fase pois para a mente (ego), o desconhecido é de tamanha loucura e por consequencia medo. Ainda nesta fase o Homem reconhece aos poucos e poucos a Natureza do medo, como sendo uma ilusão que o amarra ao passado ao futuro e á ilusão.

Tal como a metáfora da semente e o solo, o Homem nesta abertura volta a romper o solo e com isso vislumbra por escassos momentos a LUZ, e apercebe-se o que é realmente viver neste Planeta, em parte reconhece essa LUZ como sendo ele mesmo, como sendo criança pela primeira vez, e lembra-se da sua infância.
Mas é a ausência a identificação com o tempo e o sono profundo que faz com que o Homem fique confuso perante tal LUZ, a LUZ o ofusca e a Beleza indescritível por palavras o deixa baralhado. O ego se apressa a catalogar e a objectivar a experiência como sendo de pouca credibilidade, e de uma loucura sem precedentes.

A etapa que se segue é a da "tomada de decisão", é classificada como a etapa mais importante em todo o processo, pois a tomada de decisão consiste no "SIM" por parte de todo aquele que possui a vontade de ir até ao "fim", sem a tomada de decisão o Homem jamais ascenderá, contudo paradoxalmente essa Tomada de decisão já foi realizada muito antes da "sua" vinda ao Planeta.
Quando o Homem diz sim á VIDA, e reconhece a a sua "ignorância" fase ao mesmo, a abertura é agora consolidada de forma firme e concluída, e ele se compromete a ele mesmo com mesma a vontade de saber, o que lhe é legitimo saber.

Nesta fase o passo mais importante é dado, pois é semelhante a chave que entrou na fechadura e abriu finalmente a Porta.

Uma vez aberta, compete agora ao Homem seguir em frente rumo ao desconhecido ao "abismo" ao Vazio. Pois nesta etapa a LUZ vai incidir sobre a Ilusão e com isso a desmistificação completa do "ego", a etapa mais densa e importante de todo o processo, intitulado por alguns, como a travessia pelo deserto, o recolhimento, e por fim o verdadeiro renascimento.

São inúmeros em todo o Mundo que já romperam o solo, mas que voltaram para trás, sabem de certa forma a existência da porta, sabem que possuem a própria chave que abre a mesma, contudo o medo do vazio, do "abismo" e do desconhecido, leva-os a pausar e a continuar a viver de forma ilusória. Também "sentem e sabem" que mais tarde ou mais cedo o momento chegará, para que seja revelado a SABEDORIA do MESTRE e com isso finalmente descansarem de forma sublime na Unicidade e êxtase que é realmente VIVER a VIDA.

A travessia do deserto, culmina na chegada ao Oásis, do inicio que não é inicio, e do fim que nunca foi fim, o despertar de um sono profundo, é o resultado dessa travessia. Uma vez já no Oásis a VIDA VIVE-SE FORA DO TEMPO DA ESPECTATIVA, LIBERTO como sempre foi É e será. A PAZ o AMOR a COMPAIXÃO a ETERNA e INFINITA CRIATIVIDADE EXPANSIVA são a morada definitiva de "quem" alcançou este estado. As etapas de "quem" atingiu o que sempre lhe era inato, são parte de uma ilusão que fez sentido enquanto ilusão.

A VIDA chega assim a casa, uma chegada que nunca se realizou pois a Vida nunca se ausentou. A VIDA viu a LUZ e reconheceu que sim, ela era, é, e sempre será essa LUZ.


Nota: "As etapas aqui descritas, estão de forma muito generalizadas e resumidas".
( Alan Silveira- Fórum da Casa Índigo- Portugal)


PAZ

Nenhum comentário:

Energia Quântica

EARTH PLANET

Uma Prece ao Melhor do teu Ser

Gregg Braden- Sentimentos, Emoções...

Eletrofisiologia da Intuição

A VIDA É MÁGICA

Prosperar

Cura Energética- Gregg Braden

ROBERT HAPPÉ

Transformando seus Sonhos em Realidade 1

Transformando seus sonhos 2

Transformando seus Sonhos 3

Livro Homeopatia e Energia

O PODER DA INTENÇÃO

Intenção 2

Intenção 3

Validação

ValidaçãoII