Translate

PROJETO ESSÊNCIA DO SER

PROJETO ESSÊNCIA DO SER
Informações e Inscrições :www.projetoessenciadoser.blogspot.com

Somos todos UM

Remember To Breath

Encruzilhada

Natureza-

Medinesp 2013- Maceió

Medinesp 2013- Maceió
Lançamento do livro HOMEOPATIA e ENERGIA

Lição de Vida

Efeito Isaías- Poder da Oração

telepatia entre cães e donos

A Cura atraves das Emoções -1

A Cura através das Emoções 2

A Cura através das Emoções 3

A Cura através das Emoções 4

A Cura através das Emoções 5

Despertando seu Gênio Interior

Despertando seu Gênio Interior 2

Despertando seu Gênio Interior 3

Despertando seu Gênio Interior 4

30 de dez de 2009

Quais suas metas para o ano que se inicia?

Emagrecer, trocar de casa, ter um filho, mudar de emprego... O começo do ano é um bom momento de planejar mudanças para nossa vida. Algumas pessoas têm o hábito de colocar um papelzinho na carteira com a relação dos objetivos almejados. Isso ajuda, mas não garante a realização do sonho. O melhor é, junto com as metas, definir um plano de ação.

Para começar, anote o que você deseja para 2010. Seja específico. Por exemplo, se você quer emagrecer, pense em quantos quilos deseja reduzir e em quanto tempo – estabeleça um prazo realista, que é para manter a motivação em alta ao longo do tempo.

Em seguida, trace o plano de ação. Defina todas as atitudes que você precisa tomar para chegar lá (ir a um nutricionista, entrar para a academia, mudar seus hábitos alimentares...). Esmiúce, até chegar nas ações diárias e poder anotá-las na sua agenda. Se você não usa agendas, mantenha o plano de ação sempre à vista. Acompanhe. Caso algum imprevisto aconteça, não desanime. Faça um ajuste de rota e siga em frente. Com planejamento e força de vontade, você certamente conseguirá o que deseja.

http://www.felicidadeinternabruta.com.br


Lendo este artigo , observo como é importante além de desejo, vontade, atitude de mudar. Ao longo de 2009, pude experienciar este fato junto aos clientes que prestei atendimento como Coach. Muitos nem mesmo tinham noção do que desejavam em suas vidas, sabiam apenas o que NÃO queriam mais, e focavam todo o tempo suas dificuldades.

O final do ano é sempre uma excelente oportunidade para reavaliações; para também deixar ir o que não serve mais, e se comprometer com as mudanças que são necessárias .

Ano Novo, Vida Nova!!!!!!!

Então mãos a obra !!!

Saúde e Paz que o resto a gente faz!!!

29 de dez de 2009

Prepare seu cérebro para chegar aos 100 anos!


Com os avanços da medicina, viver ou até ultrapassar os 100 anos é uma possibilidade cada vez mais real. Mas o que adianta chegar lá sem saúde física ou mental? Fazer exercício, alimentar-se bem, não fumar e beber com moderação são cuidados importantes para quem deseja ganhar anos de vida. Mas é preciso cuidar também da cabeça. Afinal, como qualquer outro órgão do corpo, o cérebro envelhece e pode perder as suas capacidades. A partir de estudos, neurocientistas e pesquisadores recomendam exercícios capazes de manter o cérebro em forma.
Segundo os estudiosos, é possível exercitar o seu cérebro de várias formas e não apenas por meio de um sério estudo acadêmico. Ler, fazer palavras cruzadas ou aprender uma nova língua são as atividades mais recomendadas até agora. Mas conversar, dormir bem, não embarcar em pensamentos negativos e dar boas gargalhadas também podem fazer muito pela saúde cerebral.

Vale até dedicar-se à arte do malabarismo, só não pode parar e deixar o cérebro enferrujar. Pesquisas recentes usando estudos de imagens demonstraram aumento da atividade e de conexões no cérebro de pessoas com mais de 50 anos que aprenderam malabarismo num curso de três meses. Mas, o efeito positivo em seus cérebros durou apenas o tempo em que eles permaneceram praticando as novas habilidades.

Fale, fale, fale
Passar, pelo menos, dez minutos por dia falando com outra pessoa pode melhorar a memória. Segundo pesquisadores da Universidade de Michigan, um simples bate-papo é tão efetivo como passar dez minutos fazendo palavra cruzada. De qualquer forma, as duas atividades são mais benéficas que passar o mesmo tempo em frente à TV.

Cultive amizades
Estudos recentes mostram que pessoas que mantêm uma rede social ativa costumam também viver muito e usufruir uma qualidade de vida melhor. Cultivar bons relacionamentos mantém a acuidade do cérebro aguçada, dando às pessoas a chance de interagir e aprender mais sobre o ser humano.

Mantenha a pressão baixa
A pressão sanguínea alta (hipertensão) danifica as artérias e aumenta o risco de derrame cerebral, o que contribui para o declínio mental. Consultar regularmente o médico e manter a pressão abaixo de 120/80 mm/Hg é a indicação dos estudiosos.

Durma bem
Pesquisa recente sugere que dormir demais ou muito pouco pode aumentar o risco de derrame, o que é uma preocupação para a saúde cerebral ao longo dos anos. Quase todo mundo teve a experiência de se sentir menos “inteligente” depois de uma noite mal dormida, mas os dados sugerem que padrões de sono ininterruptos são mais frequentemente associados com o risco de demência do que se pensava. Se você tem problemas com o sono ao longo da noite, converse com o seu médico ou um neurologista.

Veja as outras dicas
Sonhar acordado, aprender a lidar com pensamentos negativos, dar boas gargalhadas... Leia mais.

http://www.felicidadeinternabruta.com.br

28 de dez de 2009

Marcas do Que se Foi

Amados amigos!
Que no ano que se inicia possamos deixar fluir em nossos corações um profundo sentimento de PAZ por nós e por toda a humanidade. Que todos os nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações sejam assim expressos hoje e sempre.

Este ano quero paz
No meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão...

O tempo passa e com ele
Caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão
Vão ficar...

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer...(2x)

Este ano quero paz
No meu coração
Quem quiser ter um amigo
Que me dê a mão...

O tempo passa e com ele
Caminhamos todos juntos
Sem parar
Nossos passos pelo chão
Vão ficar...

Marcas do que se foi
Sonhos que vamos ter
Como todo dia nasce
Novo em cada amanhecer...(4x)

Os Incríveis
Composição: Roberto Pera e Flecha

17 de dez de 2009

Cartinha a Papai Noel

Nos dias que antecedem o Natal, parece que nossas " crianças" se tornam mais presentes do que nunca; quantas " cartinhas" enviadas em busca dos sonhos que o Bom Velhinho realizaria... muitas delas não eram " correspondidas", mas por alguns instantes a mágica poderia acontecer...
Muita crianças não tiveram esta oportunidade, mas sempre é tempo de resgatar os sonhos, de acreditar na magia deste momento.
Que o Amor possa iluminar nossos dias, e que todos os nossos sonhos possam se tornar realidade!!!




Me disseram que já passei da idade.
De cartinha pro Senhor, eu escrever.
Mas a vida me ensinou tantas coisas
E uma delas é...
De nunca abandonar meus sonhos.

Lembro quando ainda menina
Minha alegria em poder enviar minha cartinha,
E aguardava ansiosa pela noite
Em que este meu Bom Velhinho,
Lindo e Amado

Com seu trenó voando pelas alturas
Encontraria tempo de em minha janela passar
Deixando sob meus sapatinhos
Dentro do que pedi, o que êle podia me dar.

Há tempos que nada lhe escrevo
Há tempos que nada lhe peço...
Pois acho que chega uma certa hora
Que devemos dar chance
A tantas outras criaturas
Que assim como eu, também o amam
E tem seus pedidos a fazer,
Na esperança de muitos de seus sonhos
Com a sua valiosa ajuda, realizar.

Aprendemos com nossos pais
No transcorrer de nossas vidas,
Que nem sempre podemos receber o que pedimos
E o mais importante não é só o aprender,
Mas aceitar com muita resignação
O que nos pode ser ofertado.
Tudo tem uma hora para acontecer
E se ainda não aconteceu, é porque não é o momento
De em nossas vidas este "algo mais" chegar.

Mas como disse antes, Querido Papai Noel!
Hoje me sinto como naqueles tempos de menina,
Ao parar, para uma carta lhe escrever
Onde o papel e o lápis se uniam como porta-voz
De todos os meus desejos e sonhos.
E me vi cheia de esperança
Com a alegria de uma criança
Que irá esperar nesta Noite de Natal
O seu presente mais especial.

Não mais deixarei os pequenos sapatinhos
A espera de acordar, e vê-los cobertos de presentes.
Deixarei sim, as janelas abertas
Com flores espalhadas por todos os cantos
Numa demonstração de felicidade e alegria
Pela sua chegada e
Por ser merecedora de visita tão ilustre.

Segue nesta cartinha, o meu pedido tão sonhado!
Êle vem do fundo do meu coração,
Que com tamanha emoção
Lágrimas deslizam de meus olhos
E já começam a molhar este papel.

Meu Bom Velhinho...
Hoje, voltando aos velhos tempos,
Venho fazer um pedido muito especial.

O Senhor mais do que ninguém
Conhece este coração,
Que bate sempre no ritmo de uma
Grande e única paixão.
Se não for pedir muito Papai Noel
Faça que esta Noite de Natal
Seja a mais feliz dos últimos tempos.

Traga para junto de mim o outro coração
Que também vive desta mesma emoção
Para que possamos nos unir e deixar para a eternidade
Marcas do que é a força de um sonho, e mais...
A força de um Grande Amor.

Desculpe tomar seu tempo, com todas estas palavras.
Mas além da saudade de escrever para o Senhor
Este sonho é por demais esperado realizar.
E gostaria de para sempre,
Esta Noite de Natal eternizar.

Querido Papai Noel...
Se não nos encontrarmos na madrugada,
Deixo um beijo carinhoso e o desejo
De que o seu Natal seja tão maravilhoso,
Quanto tenho a certeza, de que o meu também.

"O Será"


Autor Desconhecido


13 de dez de 2009

A Paz que Trago em meu Peito.

Recebi de um grande amigo, e compartilho aqui!

A paz que trago hoje em meu peito é diferente da paz que eu sonhei um dia...
Quando se é jovem ou imaturo, imagina-se que ter paz é poder fazer o que se quer, repousar, ficar em silêncio e jamais enfrentar uma contradição ou uma decepção.
Todavia, o tempo vai nos mostrando que a Paz é resultado do entendimento de algumas lições importantes que a vida nos oferece.
A paz está no dinamismo a vida, no trabalho, na esperança, na confiança e na fé...
Ter paz é ter a consciência tranqüila, é ter certeza de que se fez o melhor ou, pelo menos, tentou...
Ter paz é assumir responsabilidades e cumpri-las, é ter serenidade nos momentos mais difíceis da vida.
Ter paz é ter um coração que ama...
Ter paz é ter ouvidos que ouvem, olhos que vêem e boca que diz palavras que constroem.
Ter paz é brincar com as crianças, voar com os passarinhos...
ouvir o riacho que desliza sobre as pedras e embala os ramos verdes que em suas águas se espreguiçam...
Ter paz é não querer que os outros se modifiquem para nos agradar, é respeitar as opiniões contrárias, é esquecer as ofensas.
Ter paz é aprender com os próprios erros, é dizer não quando é não que se quer dizer...
Ter paz é ter coragem de chorar ou de sorrir quando se tem vontade...
É ter forças para voltar atrás, pedir perdão, refazer o caminho, agradecer...
Ter paz é admitir a própria imperfeição e reconhecer os medos, as fraquezas, as carências...
A paz que hoje trago em meu peito é a tranqüilidade de aceitar os outros como são, e a disposição para mudar as próprias imperfeições
É a humildade para reconhecer que não sei tudo e aprender até com os insetos...
É a vontade de dividir o pouco que tenho e não me aprisionar ao que não possuo.
É admitir que nem sempre tenho razão e, mesmo que tenha, não brigar por ela.
É melhorar o que está ao meu alcance, aceitar o que não pode ser mudado e ter lucidez para distinguir uma coisa da outra.
A paz que hoje trago em meu peito é a confiança em Deus, que criou e governa o mundo...
A certeza da vida futura e a convicção de que receberei, das leis soberanas da vida, o que a elas tiver oferecido.
Às vezes, para manter a paz que hoje mora em teu peito, é preciso usar um poderoso aliado chamado SILÊNCIO.
Lembra-te de usar o silêncio quando ouvir palavras infelizes.
Quando alguém está irritado.
Quando a maledicência te procura.
Quando a ofensa te golpeia.
Quando alguém se encoleriza.
Quando a crítica te fere.
Quando escutas uma calúnia.
Quando a ignorância te acusa.
Quando o orgulho te humilha.
Quando a vaidade te provoca.
O silêncio é a gentileza do perdão que se cala e espera o tempo; por isso é uma poderosa ferramenta para construir e manter a paz.
Que Jesus te ilumine, hoje e sempre.
MUITA PAZ !

12 de dez de 2009

Acreditar

Eu acredito no espírito da inocência,
a maravilha que nos conduz
à realização de nossos sonhos...

Eu acredito que a vida é um Presente,
Que deve ser desembrulhado todos os dias
e deve ser doada de forma graciosa
a todos os que dela necessitam.

Eu acredito que mesmo na hora mais escura
nós podemos respirar fundo
e começar tudo outra vez.
Acima de tudo, eu acredito no Poder do AMOR
e que no final, ele irá curar cada um de nós.

( Autor Desconhecido)

4 de dez de 2009

BENEFÍCIOS DO RISO


Suas lágrimas passam a ter mais imunoglobulinas (um anticorpo que é a sua primeira linha de defesa contra algumas infecções virais e bacterianas)
Sua boca também passa a ter mais imunoglobulina. Isso indica uma função imunológica melhor
Seu cérebro e seu corpo produzem beta-endorfinas (opiáceos internos que o ajudam a relaxar e reduzem a dor)
Os hormônios do estresse produzidos pelas glândulas suprarenais são reduzidos. O nível de cortisol aumenta de forma nociva durante o estresse e diminui significativamente com o riso. A pressão sangüínea aumenta durante o riso e depois cai abaixo dos níveis de repouso
Há uma redução da tensão muscular depois do riso (relaxamento)
O ar é expelido em grande velocidade de seus pulmões e de seu corpo quando você dá uma boa gargalhada. Seu corpo todo é oxigenado. Isso é bom para pensar com clareza e para uma boa forma aeróbica
O riso possui um efeito antiinflamatório em suas juntas e ossos; ele pode reduzir a inflamação e aliviar a dor em condições artríticas.
(conforme Mariana Funes in “O Poder do Riso - um antídoto contra a doença - Ed. Ground - 2001 - São Paulo - p. 12/13)

www.doutorisadinha.com.br


Mente sã



Uma mente sã na velhice depende de hábitos saudáveis desde a juventude. Isso porque o processo de envelhecimento começa por volta dos 30 anos, quando o órgão já atingiu sua maturidade e começa a perder até 100 mil células por dia.

Para manter a mente em forma, é fundamental a prática de atividades que demandem esforços do cérebro. Quanto mais você exerce atividades intelectuais, como estudar, ler ou aprender novas línguas, menor a chance do desenvolvimento de doenças como o mal de Alzheimer.

Ler é um ótimo exercício, mas dormir bem também é uma forma de preservar uma mente saudável. Quanto maior a qualidade do sono, melhor a capacidade da memória. Um sono ruim atrapalha o processo de retenção. Além disso, a melatonina, hormônio que auxilia a reduzir os efeitos dos radicais livres no organismo, também é produzida durante o descanso noturno.

http://www.felicidadeinternabruta.com.br/

F.I.B- Felicidade Interna Bruta




O conceito de Felicidade Interna Bruta nasceu em 1972, em um pequeno país do Himalaia, quando o rei questionou se o Produto Interno Bruto seria o melhor índice para designar o desenvolvimento de uma nação.
Desde então, o reino do Butão começou a praticar esse conceito e atrair a atenção do resto do mundo com a sua nova fórmula para o cálculo de riqueza de um país, que considera outros aspectos além do desenvolvimento econômico, como a conservação do meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas.
Através dos quatro pilares da FIB, economia, cultura, meio ambiente e boa governança, derivam-se 9 domínios de onde são extraídos indicadores para que a “Felicidade” de uma nação seja avaliada:

Bem-estar psicológico

Avalia o grau de satisfação e de otimismo que cada habitante tem em relação à sua própria vida.
Os indicadores incluem a prevalência de taxas de emoções tanto positivas quanto negativas, como os sentimentos de egoísmo, inveja, calma, compaixão, generosidade e frustração. O estresse, as atividades espirituais, a auto-avaliação da saúde, física e mental, também são analisados.

Meio Ambiente

Mede a qualidade da água, do ar e do solo e a biodiversidade.
Os indicadores incluem o estado dos recursos naturais, as pressões sobre os nossos ecossistemas, a diversidade e resiliência ecológica.

Saúde

A relação entre saúde e bem-estar é auto-explicativa. O objetivo desse indicador é mostrar os resultados das políticas de saúde. Critérios, como expectativa de vida, também entram na conta.
Os indicadores de status de saúde incluem a auto-avaliação da saúde, invalidez, as limitações para atividades e a taxa de dias saudáveis. Os indicadores dos fatores determinantes de saúde incluem padrões de comportamento arriscados, exposição a condições de risco, status nutricional, práticas de amamentação e condições de higiene. O sistema de saúde é medido a partir do ponto de vista da satisfação do usuário em diversas dimensões, tais como amabilidade do provedor, competência, tempo de espera, custo, distância e etc.

Educação

Essa categoria indica o ritmo de crescimento das taxas de alfabetização e do acesso às escolas e faculdades, além de avaliar a eficácia da educação em prol da meta do bem-estar coletivo.
O domínio da educação leva em conta vários fatores, tais como: participação, competências, apoio educacional, entre outros. Esse domínio inclui no seu escopo a educação informal (competências nativas, técnicas tradicionais orgânicas de agricultura e pecuária, remédios caseiros, genealogias familiares, conhecimento sobre a cultura e história locais).

Cultura

O domínio da cultura leva em conta a diversidade e o número de instalações culturais, padrões de uso, diversidade no idioma e participação religiosa. Os indicadores estimam valores nucleares, costumes locais e tradições, bem como a percepção de mudanças em valores e tradições.

Padrão de vida

Avalia a renda per capita e a qualidade dos bens e serviços disponíveis à população.
O domínio do Padrão de Vida cobre o status econômico básico dos cidadãos do país. Esses indicadores avaliam os níveis de renda ao nível individual e familiar, medem a segurança financeira, o nível de dívidas, a qualidade das habitações e o montante de assistência em espécie recebida por familiares e amigos.

Uso do tempo

Avalia a possibilidade que cada um tem de escolher como aproveitar seus dias.
Os indicadores devem mostrar o tempo que a população dedica ao trabalho, à família e à cultura, considerados fundamentais para a sensação de bem-estar das pessoas.

Vitalidade Comunitária

O índice mostra o grau de identidade entre os habitantes.
O domínio da vitalidade comunitária foca nas forças e nas fraquezas dos relacionamentos e das interações nas comunidades. Ele examina a natureza da confiança, da sensação de pertencimento, a vitalidade dos relacionamentos afetivos, a segurança em casa e na comunidade, a prática de doação e de voluntariado. Esses indicadores possibilitarão aos formuladores de política pública rastrear as mudanças nos efeitos adversos para a vitalidade comunitária.

Boa Governança

Avalia como a população enxerga o governo; ver se ele passa a imagem de que respeita características como responsabilidade, honestidade e transparência.
Os temas desses indicadores incluem liderança em vários níveis do governo, na mídia, no judiciário, na polícia e nas eleições.

Atualmente, existem diversas discussões em torno da revisão do cálculo da riqueza de um país. O PIB é uma medida quantitativa, e não qualitativa, não leva em conta a distribuição da renda e não inclui nenhum julgamento moral sobre o valor da atividade executada (a não ser excluir atividades ilegais, como o tráfico de drogas). Então, por exemplo, a limpeza de um acidente nuclear contribuiria para o PIB da mesma maneira que a produção de energia solar. Quando o petróleo é extraído do solo e vendido aos consumidores, isso é somado à riqueza de uma nação, e não contabilizado como um esgotamento de seus recursos.
Esperamos que, ao mudarmos a maneira como calculamos a atividade econômica, possamos mudar nossas prioridades políticas e construir sociedades mais felizes e ambientalmente justas.


http://www.felicidadeinternabruta.com.br/

Começando pelo Riso

A Ciência definitivamente já comprovou o grande poder de cura pelo riso. Estudos conduzidos no Japão e em Loma Linda, na Califórnia, chegaram à conclusão de que doentes expostos ao riso tiveram aumentados os níveis de imunoglobulina e de células sadias.Explica-se: coração e pulmões são estimulados. O coração bate mais rápido e a pressão arterial se eleva temporariamente. Você respira mais profundamente e oxigena maior volume de sangue. Seu corpo libera endorfinas, seu natural matador de dores, e você produz mais imuno-células. Você queima 78 calorias a mais do que se estivesse em estado de repouso. Seu diafragma, músculos faciais e todos os órgãos internos são chamados a praticar uma espécie de ginástica sem sair do lugar.Depois que você riu, seus músculos e artérias relaxam. Isto é magnífico para diminuir a dor. Também, sua pressão sangüínea baixa e seu pulso cai abaixo do normal por alguns momentos. Alguns pesquisadores afirmam que tudo isto também auxilia a digestão.Mais tarde, em uma das revistas da Fundação dos Amigos do Arkansas Children’s Hospital, li e anotei: “A merry heart makes a cheerful countenance, but low spirits sap a man’s strength”, que livremente traduzi: Um coração alegre faz um semblante feliz, mas um triste, consome as forças de um homem.

http://sentirparaajudaracurar.blogspot.com/2009/08/comecando-pelo-riso.html



Para combater o estresse, nada melhor que uma boa gargalhada. Rir é o melhor remédio, diz o ditado popular. Inspirada na ioga indiana, uma forma de terapia baseada na risada está ganhando impulso na Alemanha, nos chamados Clubes do Riso.

O movimento mundial da risada foi fundado em 1995 pelo médico indiano Madan Kataria, que criou em Mumbai (ex-Bombaim) o primeiro clube do riso. A terapia da risada é baseada em práticas de mais de 3000 anos da ioga oriental e novos conhecimentos da "gelotologia", a ciência ocidental do riso (a palavra grega "gelos" significa riso).

A terapia consiste basicamente em fazer com que as pessoas riam. No início, a risada é induzida de forma artificial e, posteriormente, o riso se transforma em algo natural, espontâneo. A risada é considerada o melhor remédio para combater a principal doença do nosso tempo: o estresse.

Mais de 70% de todas as doenças são oriundas de um estresse negativo. O riso diminui o estresse e aumenta a energia vital. A terapia regular da risada fortalece o sistema imunológico, equilibra a produção de hormônios, melhora a respiração, estimula a digestão, alivia dores e combate problemas de sono e depressão.

23 de nov de 2009

Faça sua escolha: Voe com as águias ou ande com as galinhas



Era uma vez uma grande montanha onde as águias tinham seus ninhos. Um dia, um tremor de terra fez com que um dos ovos de águia rolasse montanha abaixo. Ele rolou até parar no terreiro de uma fazenda ao pé da montanha. As galinhas, como sempre muito responsáveis, decidiram cuidar do ovo e uma galinha mais velha ficou com a incumbência de chocá-lo e cuidar da educação da pequena ave.

Após algumas semanas, o ovo se abriu e uma bela águia nasceu. Infelizmente, a pequena águia foi criada como uma galinha e passou a acreditar que era mais uma ave do galinheiro da fazenda. A águia amava seu lar e sua família, mas, intimamente, seu espírito sonhava com algo mais.

Um dia, enquanto ciscava o chão à procura de insetos, a águia olhou para o céu e viu um grupo de poderosas águias voando muito alto. “OH”, a águia gritou, “como eu gostaria de voar como aquelas aves”. As galinhas riram e zombaram: “Você não pode voar como aquelas aves. Você é uma galinha, e galinhas não voam”.

A águia continuou a mirar sua verdadeira família, sonhando que poderia estar lá em cima com aquelas belas aves. Mas toda vez que ela revelava seus sonhos, era lembrada que isto não era possível. Isto foi o que a águia aprendeu a acreditar. Com o passar do tempo, a águia parou de sonhar e continuou a viver sua vida de galinha. Finalmente, após muitos anos vivendo como galinha, a águia morreu (autor desconhecido).

Moral da história: você se torna naquilo que você acredita que é. Assim, se você sonha que é uma águia, siga seus sonhos e não os conselhos das galinhas.

17 de nov de 2009

Te Amo

Segue abaixo a letra da música que o amigo Maurício Duboc fez, seguindo a inspiração para o Ho'oponopono



Se acolho o que meu ego vê
Ou se vejo algum mal em você

Sinto muito, Me perdoe
Te amo, Sou grato

Se endosso o que não é real
Se acredito que existe o mal

Sinto muito, Me perdoe
Te amo, Sou grato

Se esqueço que sou infinito
Se dou crédito a qualquer delito

Sinto muito, Me perdoe
Te amo, Sou grato

Se a mente que mente é do ego
Se o medo ainda me deixa cego

Sinto muito, Me perdoe
Te amo, Sou grato

Se esqueço de que Somos Um
Não percebo o que nos é comum

Sinto muito, Me perdoe
Te amo, Sou grato

Se em seus olhos não consigo me ver
Se ainda creio que é preciso sofrer

Sinto muito, Me perdoe
Te amo, Sou grato
Sinto muito, Me perdoe
Te amo, Sou grato

15 de nov de 2009

O ponto de vista...


Tenho acompanhado vários sites durante estes anos, e o site SOMOS TODOS UM nos brinda com artigos bastante interessantes. O artigo abaixo fala do Ho'oponopono, com uma linguagem simples, clara, e que expressa minha forma de sentir esta Arte .

"Tanto aprendizado e agora... como desaprender tudo que nos ensinaram que somos e que encobriu a nossa verdadeira natureza?
Uma identificação aqui... outra ali... seja com uma crença religiosa... uma idéia... um novo papel adquirido ao custo de muito esforço... e é claro, o apego a tudo isso.
Ao longo da vida... ou das vidas... vamos tomando posse de tantas e tantas coisas que não fazem parte da nossa essência, que não sobra quase nada de quem verdadeiramente somos.
Quando nos damos conta que "somos" tanta coisa que não somos... e em como estamos apegados a coisas... pessoas... conceitos... opiniões... regras... dá uma vontade de largar isso tudo e descobrir o que está encoberto por tantos acréscimos...

O Ser silencioso aguarda no profundo de cada um... dando sinais em vislumbres sutis de presença.

Mas o que nos faz buscar esse Ser, geralmente, é uma imensa insatisfação... venha por sofrimento... venha por falta de sentido na vida... ou de qualquer outra maneira, a chamada para o despertar chega a cada um na forma mais adequada a sua história.

Hoje depois de uma longa busca e muitos encontros preciosos, comigo e com o outro... percebo o quanto está mais leve esse caminhar rumo ao Ser... e como, uma mudança na forma que olhamos para as coisas, tem o poder de transformar tudo.

Quando recebemos nossa história... e as experiências que nos chegam, sob o ponto de vista de quem está sendo vítima da situação... tudo parece injusto e sem sentido. Por que isso está acontecendo comigo? O que eu fiz para merecer isso?
E o que parece ruim, só vai ficando pior...

Quando recebemos a vida sob o ponto de vista de que... ali está a configuração perfeita para liberar tudo que nos impede de ser verdadeiramente felizes... e recebemos tudo como oportunidade, o que era ruim já passa a ser visto sob uma nova perspectiva.
O que está vindo para ser limpo? O que posso liberar para que abrir espaços para o novo?

A vida pode ser boa ou ruim dependendo da nossa reação a ela.

E essa reação quase sempre é determinada por memórias que nos fazem reagir da pior maneira possível, acreditando que somos vítimas indefesas... essas memórias nos fazem repetir histórias que não deram certo e que nos causaram dor, medo, culpa... e quando vem de novo o mesmo tipo de situação, em nova roupagem, as memórias nos fazem reagir ao que já passou... nos tirando a possibilidade de fazer diferente e de mostrar que a vida pode ser renovada a cada dia.

Ao entendermos que... o que está fora é só um reflexo do que está dentro, vamos parar de fugir e de lamentar e passaremos a olhar de frente o que nos chega a cada dia porque, em última instância, descobrimos que não temos como fugir de nos mesmos. Aquilo que aparece fora está dentro e, portanto, não adianta culpar e nem fugir de pessoas e situações, porque outras e outras virão para nos mostrar que a realidade é como uma tela onde projetamos o que temos dentro...

É bonito a gente perceber que, depois dessa mudança de perspectiva e dessa tomada de consciência, passamos a ver os problemas como chances reais de tranformação, sem julgamentos nem conosco nem com o outro... porque entendemos que o outro também está dentro de nós... assumimos responsabilidade pelos problemas que nos aparecem, e olhamos para eles com gratidão, porque somos capazes de perceber a oportunidade de transformação que cada um nos oferece.

Agradecemos às memórias que chegam como possibilidades de nos libertar...

Ao não resistir à vida... esta passa a fluir ao nosso favor... fazemos a nossa parte e, com certeza, teremos toda ajuda do Grande Mistério... "

Rubia A. Dantés

12 de nov de 2009

Oração da Serenidade

Conta uma lenda que um rei desejando saber qual era a receita da felicidade mandou chamar um sábio que lhe deu um livro com apenas duas páginas, dizendo:

- Neste livro está inserida toda a receita para a felicidade e o resumo de toda a sabedoria. Quando estiveres aflito, desesperado, pressionado pelo mundo, não encontrando o caminho a ser percorrido abre este livro e leia a primeira página apenas. Assim também, quando estiveres sentindo a necessidade de compartilhar sua alegria e felicidade com o mundo, em função de seus sucessos, abre o livro e lê a segunda página.

Assim foi feito. Certa ocasião, o rei encontrava-se encurralado em batalha com o país vizinho, prestes a perder tudo o que tinha, colocando em risco a sorte de seu povo. Não sabendo o que fazer, lembrou-se do sábio, pegou o livro e leu a primeira página. Lá estava escrito: "Isto passa!"

Enchendo-se de esperança, o rei conseguiu recuperar-se de seu estado depressivo, trabalhou com afinco, deu a volta por cima da adversidade e conseguiu superar a situação, voltando a trazer harmonia para seu povo.

Quando estava feliz por ter conseguido vencer e resgatar a prosperidade de seu povo, desejando compartilhar sua alegria com todos à sua volta, lembrou-se do sábio, pegou o livro e leu a segunda página. Lá estava escrito: "Isto também vai passar!"

Assim também são as coisas do mundo, não estão sob o controle ou domínio dos homens. Tristeza, felicidade, sucesso, fracasso, alegria, tudo passa, tudo se modifica.

A paz espiritual não significa a ausência de problemas ou de obstáculos, mas o reconhecimento de que esses são nossas oportunidades de aprendizado e de iluminação interior.
Diante das adversidades, encontramos três tipos de situação: aquelas que não estão sob nosso controle e, portanto, não podem ser mudadas pelas nossas ações; aquelas que estão sob nosso controle e só dependem de nós para serem mudadas; e aquelas que, embora não possamos modificar diretamente, podemos tentar influenciar na mudança.

Tudo começa, pois, pela aceitação de si mesmo, pelo conhecimento de si próprio, pela luta para vencer a ilusão do orgulho, a vaidade, o egoísmo, o apego e pela decisão de caminhar vivendo as experiências do mundo com sabedoria. A felicidade não é um ponto de chegada, não é um momento fugaz, mas a oportunidade de percorrer o caminho continuamente. Cada instante da vida é, pois um momento de felicidade quando trazemos a paz no Espírito. Nosso mundo é ainda de amor condicional, daí ser a felicidade, aos olhos dos homens, uma coisa passageira.

A Oração da Serenidade nos aponta o caminho, nos aconselha o comportamento para melhor enfrentarmos as situações da vida. Como atingir a serenidade para aceitar, a coragem para agir e a sabedoria para discernir. A oração como um todo nos diz assim:


Concede-me, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; coragem para modificar as que eu posso , e sabedoria para distinguir uma da outra – vivendo um dia de cada vez, desfrutando um momento de cada vez, aceitando as dificuldades como um caminho para alcançar a paz, considerando o mundo como ele é, e não como gostaria que ele fosse, confiando em Deus para endireitar todas as coisas, para que eu possa ser feliz nesta vida e sumamente feliz contigo na eternidade.

.O autor é Cel QMB/R1 e Vice-presidente da CME.

Rio de Janeiro

Amigos:
Sou Grata ao Divino Arquiteto do Universo por mais um ano de realizações. Tenho aprendido muito com pacientes amigos, e observado que cada um escreve suas histórias de acordo com suas crenças. A cada consulta, quer seja como Homeopata ou Coach, sinto que o momento que vivemos é único e que apenas precisamos querer nos desapegar de padrões limitantes que AINDA nos impedem de seguir adiante e re editar o " filme" de nossas vidas. Muitas queixas que se apresentam no consultório, falam de MEUS temores, dúvidas, questionamentos, afetos, e tantos outros assuntos que à princípio podem parecer que sou eu quem os trato, mas que na verdade são eles, os reais terapeutas que a Divindade me presenteia para que eu cure em mim, tudo o que precisa urgentemente ser liberado... Só a partir desta compreensão é que pude me sentir livre para olhar a todos com os olhos da Gratidão. Tudo isto se tornou possível depois que conheci o Processo Ho'oponopono e passei a utiliza-lo como uma ferramenta incessante. A sensação que tenho, é que as coisas se tornam mais simples quando percebemos o outro como parte de nós, e que assim que assumimos a responsabilidade pelas mudanças , todo o restante é modificado ao nosso redor... quantas tomadas de consciência pude presenciar durante este ano ( em mim e no outro); quantas " doenças" foram transformadas, apenas pela mudança do foco do EU para NÓS; quantos foram liberados, e quantos estão chegando...Sou Grata!!!!! quantos novos Projetos se apresentam e os aceito como uma nova forma de contribuir para o Planeta, de uma forma mais consciente... Por tudo isto e muito mais SOU GRATA!

7 de nov de 2009

Portal Círculo

Te amo, te amo, te amo!!

Aplicar as ferramentas do Ho'oponopono em grupo ( aproximadamente 15 pessoas), foi uma experiência gratificante! Durante 6 encontros , pudemos expor nossos padrões repetitivos, personagens de histórias reencenadas no palco de nossas mentes, e acessarmos um Portal Quântico onde esses " padrões" foram literalmente libertados.

O fato de assumirmos 100% de responsabilidade por nós e por tudo o que ocorre ao nosso redor, e´que faz com que este método nos libere de paradigmas que muitos de nós ainda insistimos em acreditar. Tudo fica mais simples quando observamos que somos participantes ativos das histórias que vivemos e que cabe a cada um reeditar as cenas que aceitamos viver... Se até agora tudo o que vivemos( bom ou ruim) é responsabilidade nossa, podemos então através da entrega consciente, aceitação, confiança e gratidão, assumir outros caminhos. Aprendi muito com o grupo que se fez presente nestes encontros, e sou muito grata a todos. Novos grupos estão sendo formados a partir de agora, para ampliarmos espaços onde muitos possam participar , interagir e fazer acontecer a limpeza de tantas memórias ancestrais que esperam para serem transmutadas em pura LUZ.

Sou Grata!!!!!

Myrian

Caso haja interesse em participar dos grupos, deixe aqui seu comentário.
Visite o site: www.hooponopono.com.br

Kahuna Healing e Ho'oponopono

Há aproximadamente 2 anos venho praticando e divulgando o processo Ho'oponopono Identidade Própria no RJ. Como Médica Homeopata e Coach Pessoal tenho utilizado esta fantástica ferramenta de auto cura no atendimento dos clientes que me procuram , e observo inúmeras transformações pessoais. Além de ser um método muito simples, nos permite reescrever nossas histórias, nossa " lenda pessoal".
Sou muito Grata a todos aqueles que caminham ao meu lado, quer seja nos encontros virtuais, fórum, seminários, Workshops... e que assim como eu tornaram-se 100% responsáveis por este momento único, que é a nossa presença neste Planeta abençoado- Terra.


HUNA
O Método de Cura Espiritual das Ilhas Polinésias , conhecido como HUNA, significa "segredo" e existe há mais de 5000 anos. É um sofisticado sistema de manipulação de energia com ênfase na conectividade da espiritualidade cósmica do Ser Humano com a Terra, seu corpo e suas emoções. Integra mente, corpo e espírito em ações e materializações para a felicidade pessoal e de nossa "teia-de-vida". Nos ensina a celebrar a vida no plano físico e a ver a espiritualidade em todas as coisas, nas materializações.
Acredita que a chave para viver uma vida integral está em despertar e integrar nosso Eu Inferior ( Subconsciente ), com o Médio (Consciente ) e o Superior ( Espiritual ou Superconsciente ). Através dessa integração, Huna esta centrada no Amor e enxerga o Ser Humano, a Natureza e o Divino como partes harmoniosas de uma mesma comunidade cósmica.
Huna nos fornece um conjunto de práticas xaamanicas simples mas, profundamente transformacionais, que nos abre e amplia o mundo espiritual.
Historicamente o KAHUNA é o Mestre Espiritual ,Guardião do conhecimento HUNA e da Tradição. Quando os ingleses se instalaram nas ilhas havaianas a prática HUNA foi proibida e o KAHUNAS tiveram que trabalhar na clandestinidade. Assim, a Sabedoria Espiritual HUNA ficou oculta por muitos anos. Hoje, nessa nova idade do Planeta, a prática HUNA uma vez mais emerge – através de muitos poucos eleitos - para nos ajudar a CURAR a NÓS e ao TODO de forma abrangente e total.
Como brilhantemente cita Max Freedom Long:
“Se você não está utilizando o método HUNA, você está trabalhando com um esforço muito maior do que precisaria!”


HO’OPONOPONO

Técnica utilizada pelo Dr. Ihaleakala Hew Len, psicólogo e xamã Kahuna Hawaiano, do Hospital Estatal do Hawai, que curou um pavilhão completo de pacientes criminais insanos sem sequer ver nenhum deles. Hoje este pavilhão está fechado. Diz o Dr. Len: “Em um sentido literal, todo o mundo é sua criação. Se desejar melhorar sua vida, deve curar sua vida. Se desejar curar qualquer outro, ainda que seja um criminoso mentalmente doente, faça-o curando a si mesmo”.

Artigo retirado do Portal Cósmico.
maiores informações sobre Ho'oponopono Brasil:

6 de nov de 2009

Qual a missão da sua alma?



Toda vez que alguém fala sobre missão, talvez mesmo o mais incrédulo, desconectado ou ateu acaba se questionando internamente, qual será minha missão? Eu tenho uma missão? Existe mesmo uma missão ou propósito de vida para cada ser?
Isso já é um avanço. Acreditar que podemos ter uma missão é um grande passo.
A intenção desse texto é sem dúvida estimular nas pessoas a compreensão que temos uma missão pessoal e que nosso propósito ou finalidade é a realização dessa meta pessoal ou melhor, cumprimento da missão da alma. Essa missão está escondida dentro de nós mesmos, sendo muito sutil e pouco percebida. Somos regidos pela lei do livre-arbítrio, o que nos disponibiliza o direito de decidir e fazer o que quisermos.

Para aprofundarmos o entendimento desse tema é necessário um pouco de reflexão:

O que estamos fazendo aqui na terra? Pra que vivemos? Qual nossa missão por aqui?

Muitas pessoas nem arriscam uma reposta, o que é preocupante. A maioria de nós não sabe muito bem, contudo é unânime o sentimento de que estamos aqui para aprender, para evoluir e se desenvolver. Já é um bom passo. Se a missão da alma de uma pessoa é evoluir, então o que significa evoluir nesse caso?

Evoluir significa eliminar os aspectos inferiores do ser, que são os mais diversos, como: raiva, ódio, mágoa, tristeza, depressão, orgulho, ego, vaidade, medo, vergonha, baixa estima e dezenas de outros sentimentos. Toda vez que uma pessoa experimenta a força negativa desses sentimentos, muitas consequências negativas aparecem.

Todos seres humanos possuem aspectos inferiores de sua personalidade que ficam escondidos dentro da essência de cada um, prontos para entrarem em cena a qualquer momento.

O nível de consciência é o grande responsável pela percepção que temos sobre as situações da vida, decidindo sempre de que maneira iremos encarar as adversidades, com a mente superior(Eu Superior) ou com a mente inferior(Ego).

Não é muito incomum a pessoa acordar de manhã, meditar e pedir internamente. Hoje quero curar a raiva existente em mim. Nada disso, a pessoa nem percebe que tem raiva até que alguém lhe ofenda, ou que sofra injustiça, ou ainda, que risquem o seu carro. Num ímpeto incontrolável o sentimento aflora, sem barreiras ele sai das profundezas e emerge para a superfície do indivíduo.

Uma pessoa que está magoada com um amigo por exemplo, não sabia que tinha esse sentimento, até que a ocasião lhe fez aflorar tal aspecto. Na verdade a pessoa que a magoou é apenas o instrumento para aflorar um sentimento que já existia dentro dela, mas que foi aflorado pelo fato. Não existe um grande culpado pelo sentimento, existem os gatilhos, que na verdade são grandes contribuições para que possamos perceber o quanto guardamos em nossas almas os aspectos inferiores.

Nosso Planeta é Uma Escola

A Terra é uma escola, a vida é um eterno aprendizado. Por isso o plano maior de Deus proporciona são ferramentas pedagógicas para nossa evolução.Nós somos eternos alunos que ainda necessitamos de ajuda do astral superior para acelerar o nosso crescimento e evolução que se constituem na maior missão de nossas almas.

Assim como as escolas do nosso Planeta, cada uma em seu seguimento, utilizam-se de modernos métodos pedagógicos para melhorar o ensino, a vida também tem seus métodos pedagógicos.

As situações-gatilho vão acontecendo a todo instante, aflorando os sentimentos inferiores para que possamos reconhecer os aspectos negativos e curá-los. Mas nem sempre a cura acontece. Os gatilhos vão aflorando as inferioridades e a pessoa muitas vezes mergulha em um sentimento de vitimização e autopiedade que tornam as coisas bem mais difíceis.

Os aspectos negativos são aflorados e a pessoa adota a postura de comportar-se como vítima da situação, achando culpados e vilões, sem perceber o quanto todos esses são importantes para revelarem as inferioridades escondidas em sua alma. Se a nossa missão é evoluir e evoluir significa purificar os sentimentos, logo todo gatilho que mostra quais são esses sentimentos e devem ser vistos como presentes de Deus, pois ajudam a acelerar o processo.

Ao invés de adotar a postura de vítima da situação é necessário buscarmos entender e identificar qual é o sentimento ou emoção negativa aflorada a cada situação. Isso vai proporcionar muitas dicas para encontrar a missão de nossas almas.
Essa visão traz a condição de percebermos que a maior parte da missão de nossas almas não se dá separadamente na realização de um projeto ou algo parecido mas , no dia a dia, em meio aos familiares, amigos, no trabalho, nas relações, etc. Cada pessoa, cada conflito ou adversidade atua como um instrumento dessa missão. E se a Terra é uma escola, cada gatilho em nossas vidas pode ser considerado um exame escolar, que verifica a capacidade do entendimento por parte do aluno.

Situações repetitivas, cíclicas, que acontecem por longos períodos indicam que a pessoa não está compreendendo o que está aflorando, muito menos está transmutando os aspectos negativos. Essa ótica traz também o entendimento de que nós precisamos dos gatilhos. Levando essa realidade para a vida cotidiana, dá para dizer que o indivíduo precisa (no sentido de aprendizados e evolução) de um problema, que o faça sentir a emoção negativa, o apego, o medo, a raiva, o ciúmes, etc.

Essa é uma boa pergunta a fazer quando os problemas acontecerem em sua vida:
Por que estou precisando desse gatilho?

Por que estou precisando desse pai distante ? desse chefe autoritário ou desse vizinho intrometido?

Por que eu me incomodo com essas pessoas?

Quais sentimentos estão aflorando que devem ser trabalhados?

Quando a pessoa se dá conta do que ela está aflorando, percebe o que deve ser curado e com isso passa a não precisar mais desses gatilhos: o ciclo se encerra e o aluno passa de ano.

Para quantos aspectos inferiores estamos sendo repetentes?

É uma boa pergunta para se fazer em momentos de introspecção.

Simples em sua proposta, essa é a nossa principal missão nessa existência, o requisito básico para qualquer alma que vive na Terra. Durante a vida de uma pessoa, muitas coisas podem ser feitas!

A vida é leve se olharmos com novos olhos, contudo é bom ficarmos atentos porque muitas coisas podem acontecer, muitas armadilhas podem nos desviar de nossa meta maior e nos afundar distrações ilusórias distanciadas dos objetivos do Pai maior para com Seus filhos.


Bruno J. Gimenes


A mente-coração pensa melhor


Se quisermos evoluir internamente não é suficiente encontrarmos atividades mentais que organizem nossa mente. Iremos precisar nos aproximar de nossos sentimentos para desenvolvermos um bom coração.

Os mestres budistas nos ensinam a diferenciar a mente-coração da mente-pensante. A mente-pensante está sempre insatisfeita, enquanto que a mente-coração manifesta-se sempre tranqüila. Quando acessamos a mente-coração vemos tudo com clareza - pois ela é o fluxo natural de nossa energia de base positiva, a mente de paz.

Procuro ressaltar o valor desta mente-coração em meu trabalho psicoterapeutico, pois noto que quando um paciente está falando de seu problema sem senti-lo verdadeiramente, a conversa torna-se um simples bate-papo, que num contexto terapêutico é perda de tempo... É como se ele estivesse se lamentando de algo, mas evitando sentir a dor de seu lamento. Discutir sobre a relação ou discutir sobre os problemas gera poucas mudanças, se não houver a presença da mente-coração.
A verdadeira mudança ocorre somente quando o que pensamos está em sintonia com o que sentimos.

No entanto, em geral, estamos tão sobrecarregados pelas tarefas diárias, que nem nos damos conta do quanto nos tornamos automatizados, frios, isto é, sem expressão afetiva. A concentração diária pode nos tornar pessoas práticas e eficazes, mas, se não pararmos para nos sintonizar com nossos sentimentos, correremos o risco de nos tornar pessoas menos empáticas, mais egocentradas. Desta forma, rebaixamos a capacidade de sentir afeto e gradualmente perdemos a espontaneidade que nutre afetivamente nossos relacionamentos. Conseqüentemente, passamos a nos sentir distantes uns dos outros e nem sabemos o por quê...

Lama Gangchen costuma nos alertar para o fato de que deveríamos sentir amor com mais freqüência. Nossas palavras perderam sua força, justamente, porque não estão mais imantadas de amor verdadeiro: Palavras ditas com amor possuem o poder de transformar a realidade; pelo poder da verdade as coisas se manifestam.

Acredito que nos falta praticar mais atividades contemplativas, que nos levem a desacelerar a mente para que possamos nos aproximar do tempo do coração. Estar em contato com a natureza nos ajuda muito a acessar nossa mente-coração. Quando nos emocionamos diante da beleza de um pôr-do-sol, entramos em sintonia com seu tempo lento e constante, o que naturalmente desacelera a nossa mente-pensante.

Quando relaxamos em nossa qualidade de base energética positiva, conseguimos pouco a pouco romper o hábito de atacar ou defender, seja a nós mesmos ou aos outros. Uma vez menos reativos, nos tornamos mais suaves, mais disponíveis para os outros. A suavidade é uma qualidade inerente à nossa base de energia pura: ela indica que finalmente acessamos a mente-coração: nos sentimos vivos e bem despertos.

Extraído do livro Mania de Sofrer de Bel Cesar, Editora Gaia.

2 de nov de 2009

Musicoterapia


Devido o trabalho que venho desenvolvendo no Projeto Semente Viva , tenho lido muitos artigos que abordam temas diversos . e um deles , bastante interessante refere-se a Música. Penso que nossa responsabilidade amplia a medida que tomamos consciência da necessidade de reformularmos nossas atitudes perante a vida. Se quisermos que mudanças aconteçam, precisamos dar o primeiro passo; A Natureza devolverá para a Humanidade aquilo que cultivamos ao longo de nossa caminhada evolutiva.
"A musicoterapia é hoje utilizada nos países mais adiantados tecnológica e cientificamente, como: França, Países Baixos, Escandinávia, Estados Unidos, Canadá e outros.

No extraordinário livro a “Vida Secreta das Plantas” de Peter Tompkins e Christopher Bird (Expressão e Cultura, 6ª edição, 1979),os autores destacam as pesquisas de Cleve Backster,cientista estaunidense, que utilizou o galvanômetro (parte de um detector de mentiras poligráfico), para estudar reações das plantas a estímulos externos..

As pesquisas com plantas aconteceram sem uma deliberada intenção ou planejamento específico. Determinada noite, estando em seu laboratório onde ensinava a técnica de detecção de mentiras a policiais e agentes de segurança de todo o mundo, movido por impulso súbito, decidiu ligar os elétrodos de um dos seus detectores na folha de uma dracena (planta ornamental) que estava em sua sala. Pensou em seguida em queimar uma folha qualquer e ver o que aconteceria. Antes mesmo de se mexer para apanhar fósforos, o gráfico do polígrafo registrava algo semelhante a uma reação de pânico. A planta percebera a intenção, antes do ato, que não chegou a consumar-se .

Foi o início das pesquisas mais intrigantes de que se tem notícia, que revelaram ao mundo que tudo é vida e vida estuante, no Universo. As plantas interagem com os humanos e crescem, florescem e frutificam mais e melhor, quando são tratadas com amor e carinho e melhor ainda se “ouvem” música agradável.

Uma série intensiva de estudos realizados por Doroty Retallack de Denver, Colorado, comprovou que três horas diárias de um rock “ácido”, tocado através de alto-falantes, atrasou o desenvolvimento de aboboreiras, filodendros e milho e as danificou em menos de quatro semanas. Em contrapartida, grupos de plantas para as quais se transmitiu música suave ou sacra, não só cresceram mais que outras mantidas em ambiente silencioso, como se voltaram para a direção de onde procedia a música. (O Poder Oculto da Música, David Tame, Cultrix, 9ª edição, 1993)

Tentamos assim demonstrar a necessidade de melhorar o relacionamento conosco mesmo, com o próximo e com as múltiplas formas de vida que nos cercam, se adicionamos a boa música ao nosso cotidiano.

Expostos a todo tipo de poluição auditiva durante oito ou mais horas do dia, através de ruídos e músicas desarmônicas, gritos, freiadas bruscas, motores a combustão, buzinas, etc as pessoas estão começando a registrar atitudes neuróticas, agressivas e em alguns casos homicidas, que começam a preocupar as ciências da saúde.

A surdez precoce, as dores de cabeça e a hipertensão, também podem ter relação de causa e efeito com a poluição sonora, especialmente pela audição continuada dos ruídos modernos impropriamente denominados “música”.

Os doutores Earl Flosdorf e Leslie Chambers descobriram, numa série de experiências, que sons agudos projetados num meio líquido coagulam proteínas. Recente mania de adolescentes consistia em levar ovos frescos a concertos de rock e coloca-los à beira do palco . No meio do concerto, os ovos podiam ser comidos cozidos como um resultado da música. Surpreendentemente, somente poucos afeiçoados do rock perguntavam a si próprios o que a mesma música poderia causar-lhes aos corpos.(O Poder Oculto da Música)

Na mesma obra citada acima, Julius Portnoy conta que a “a música pode, positivamente, modificar o metabolismo, afetar a energia muscular, elevar ou diminuir a pressão sanguínea e influir na digestão. E pode fazer todas essas coisas com maior sucesso e de maneira bem mais agradável do que quaisquer outros estimulantes capazes de produzir as mesmas alterações em nosso corpo”.

Diante de tantas evidências científicas, fica patente a influência positiva ou negativa da música na vida do ser humano.A escolha é de cada um. O que desejamos? Podemos inundar nosso lar de música saudável, estimulante ou calmante e transcendental, que fala ao sentimento, ao amor e nos aproxima mais de Deus ou apelar para os ruídos da hora e perturbar a harmonia, a saúde e nossa evolução espiritual. Faça a sua escolha ".


Daniel Valois

Conselho Regional Espírita de Florianópolis(CRE-1)

27 de out de 2009

Os Espelhos da Vida

A gente passa muito tempo pela vida sem perceber como o Universo em sua perfeição infinita nos dá tudo que precisamos para crescer, de uma forma precisa.

Fugimos léguas de nos olhar nos espelhos que a vida nos oferece a cada dia porque lá no fundo sabemos que ali vamos enxergar a nós mesmos...

E, às vezes, é muito mais fácil colocar a culpa de tudo que nos acontece nos outros a ter que assumir responsabilidade sobre o que experimentamos na vida...

Mas quando temos consciência que tudo aquilo que nos acontece é, de uma forma ou de outra, responsabilidade nossa, isso nos dá a possibilidade de mudar a nossa realidade.

Quando despertamos para o fato de que os acontecimentos ao nosso redor e, as pessoas também, são espelhos para partes nossas que não conseguimos enxergar, isso faz uma diferença enorme.

A partir de então, agradecemos ao Universo quando nos deparamos com coisas que nos incomodam, porque sabemos que ali, ao invés de incômodo, existe na verdade uma chave para que a gente se conheça mais um pouco... Não podemos mudar o outro... mas, sempre podemos transformar em nós o que nos incomoda no outro e isso muda tudo ao nosso redor, inclusive "os outros".

Não adianta fugir desses espelhos que a vida nos oferece para o nosso crescimento, porque eles sempre voltam, como outras pessoas ou situações, que vão refletir exatamente algo que pede por transformação e que vai fazer com que nossa consciência se amplie mais um pouco.

Quando nos abrimos para receber todo o aprendizado que a vida nos oferece vamos nos encantar como tudo pode se tornar muito mais leve e como esse aprendizado pode ser mais divertido.

Experimente jogar com vida... um jogo de crescimento.... Deixe de lado todo julgamento e os preconceitos e desperte a cada dia sabendo que existe algo para você descobrir sobre você mesmo e que as pistas vão vir através dos reflexos do espelho fornecidos pelas outras pessoas.

Não fuja dos espelhos... não adianta, porque você só está adiando um processo de curas profundas.
Lembre-se sempre: o que você vê de errado no próximo também existe em você, somos todos Um, portanto toda cura é autocura. Na medida em que você melhora o mundo também melhora. Assuma esta responsabilidade. Ninguém mais precisa fazer este processo, só você.

Quando há situações desconfortáveis, há uma técnica muito simples e interessantíssima, pelos resultados. Você diz: "Divino Criador, pai, mãe, filho em Um...

Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais
Ofendemos à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações
Do início da nossa criação até o presente, nós pedimos seu perdão...
Deixe isto limpar, purificar, libertar, cortar todas as recordações, bloqueios, energias e vibrações negativas
E transmute estas energias indesejáveis em pura luz...
Assim está feito."
Sinto Muito, Me perdoe, Te Amo, Sou Grata!

Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa. No processo, esta energia é libertada e transmutada em pura luz pela Divindade. E dentro de você o espaço vagado é preenchido pela luz da Divindade. Então, nesta prática não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, sua origem.

E, pouco a pouco, esse jogo de olhar no espelho da vida vai se tornando cada vez mais claro e mais natural... e vamos nos rendendo à infinita sabedoria do Criador que sempre nos proporciona o que precisamos... na hora certa... nem mais... nem menos.

Nelson Matheus Silva ( baseado no processo Ho'oponopono Identidade Própria)

22 de out de 2009

Qual será o futuro de nossos netos?


"...Olhando meus netos brincando no jardim, saltitando como cabritos, rolando no chão e subindo e descendo árvores surgem-me dois sentimentos. Um de inveja: já não posso fazer nada disso com as quatro próteses que tenho nos membros inferiores. E outra de preocupação: que mundo irão enfrentar dentro de alguns anos?"

Os prognósticos dos especialistas mais sérios são ameaçadores. Há uma data fatídica ou mágica sempre aventada por eles: o ano 2025. Quase todos afirmam: se nada fizermos ou não fizermos o suficiente já agora, a catástrofe ecologicohumanitária será inevitável.

A recuperação lenta que se nota em muitos países da atual crise economicofinanceira, não significa ainda uma saída dela. Apenas que a queda livre se encerrou. Volta o desenvolvimento/crescimento mas com outra crise: a do desemprego. Milhões estão sendo condenados a serem desempregados estruturais. Quer dizer, não irão mais ingressar no mercado de trabalho, sequer ficarão como exército de reserva do processo produtivo. Serão simplesmente dispensáveis. Que significa ficar desempregado permanentemente senão uma lenta morte e uma desintegração profunda do sentido da vida? Acresce ainda que estão prognosticados até àquela data fatídica cerca de 150 a 200 milhões de refugiados climáticos.

O relatório “State of the Future 2009”(O Globo de 14/.07/09) feito por 2.700 cientistas diz, enfaticamente, que devido principalmente ao aquecimento global, por volta de 2025, cerca de três bilhões de pessoas não terão acesso à água potável. Que significa dizer isso? Simplesmente que esses bilhões, se não forem socorridos, poderão morrer por sede, desidratação e outras doenças. O relatório diz mais: metade da população mundial estará envolvida em convulsões sociais em razão da crise sócio-ecológica global.


Paul Krugman, prêmio Nobel de economia de 2008, sempre ponderado e crítico quanto à insuficiência das medidas para enfrentar a crise socioambiental, escreveu recentemente: “Se o consenso dos especialistas econômicos é péssimo, o consenso dos especialistas das mudanças climáticas é terrível” (JB 14/07/09). E comenta: “Se agirmos da mesma forma como agimos, não o pior cenário mas o mais provável, será a elevação de temperaturas que vão destruir a vida como a conhecemos.”

Se provavelmente assim será, minha preocupação pelos netos se transforma em angústia: que mundo herdarão de nós? Que decisões serão obrigados a tomar que poderão significar para eles vida ou morte?

Comportamo-nos como se a Terra fosse só nossa e de nossa geração. Esquecemos que ela pertence principalmente aos que ainda virão, nossos filhos e netos. Eles têm direito de poder entrar neste mundo, minimamente habitável e com as condições necessárias para uma vida decente que não só lhes permita sobreviver mas florescer e irradiar.

Os cenários referidos acima nos obrigam a soluções que mudam o quadro global de nossa vida na Terra. Não dá para continuar ganhando dinheiro com a venda do direito de poluir (créditos de carbono) e com a economia verde. Se o gênio do capitalismo é saber adaptar-se a cada circunstância, desde que se preservem as leis do mercado e as chances de ganho, agora devemos reconhecer que esta estratégia não é mais possível. Ela precipitaria a catástrofe previsível.

Para termos futuro devemos partir de outras premissas: ao invés da exploração, a sinergia homem-natureza, pois Terra e humanidade formam um único todo; no lugar da concorrência, a cooperação, base da construção da sociedade com rosto humano.

Dão-me alguma esperança os teóricos da complexidade, da incerteza e do caos (Prigogine, Heisenberg, Morin) que dizem que em toda a realidade funciona a seguinte dinâmica: a desordem leva à auto-organização e à uma nova ordem e assim à continuidade da vida num nível mais alto.” Porque amamos as estrelas não temos medos da escuridão.

Leonardo Boff é co-autor com Mark Hathaway de The Tao of Liberation. En Exploration of Ecology of Transformation, N.York a sair em breve.


CÓDIGO DE ÉTICA DOS ÍNDIOS NORTE AMERICANOS



1. Levante com o Sol para orar. Ore sozinho. Ore com freqüência. O Grande Espírito o escutará, se você ao menos, falar.

2. Seja tolerante com aqueles que estão perdidos no caminho. A ignorância, o convencimento, a raiva, o ciúme e a avareza, originam-se de uma alma perdida. Ore para que eles encontrem o caminho do Grande Espírito.

3. Procure conhecer-se, por si mesmo. Não permita que outros façam seu caminho por você. É sua estrada, e somente sua. Outros podem andar ao seu lado, mas ninguém pode andar por você.

4. Trate os convidados em seu lar com muita consideração. Sirva-os o melhor alimento, a melhor cama e trate-os com respeito e honra.

5. Não tome o que não é seu. Seja de uma pessoa, da comunidade, da natureza, ou da cultura. Se não lhe foi dado, não é seu.

6. Respeite todas as coisas que foram colocadas sobre a Terra. Sejam elas pessoas, plantas ou animais.

7. Respeite os pensamentos, desejos e palavras das pessoas. Nunca interrompa os outros nem ridicularize, nem rudemente os imite. Permita a cada pessoa o direito da expressão pessoal.

8. Nunca fale dos outros de uma maneira má. A energia negativa que você colocar para fora no universo voltará multiplicada a você.

9. Todas as pessoas cometem erros. E todos os erros podem ser perdoados.

10. Pensamentos maus causam doenças da mente, do corpo e do espírito. Pratique o otimismo.

11. A natureza não é para nós, ela é uma parte de nós. Toda a natureza faz parte da nossa família Terrena.

12. As crianças são as sementes do nosso futuro. Plante amor nos seus corações e ágüe com sabedoria e lições da vida. Quando forem crescidos, dê-lhes espaço para que cresçam.

13. Evite machucar os corações das pessoas. O veneno da dor causada a outros, retornará a você.

14. Seja sincero e verdadeiro em todas as situações. A honestidade é o grande teste para a nossa herança do universo.

15. Mantenha-se equilibrado. Seu corpo Espiritual, seu corpo Mental, seu corpo Emocional, e seu corpo Físico; todos necessitam ser fortes, puros e saudáveis. Trabalhe o seu corpo Físico para fortalecer o seu corpo Mental. Enriqueça o seu corpo Espiritual para curar o seu corpo Emocional.

16. Tome decisões conscientes de como você será e como reagirá. Seja responsável por suas próprias ações.

17. Respeite a privacidade e o espaço pessoal dos outros. Não toque as propriedades pessoais de outras pessoas, especialmente objetos religiosos e sagrados. Isto é proibido.

18. Comece sendo verdadeiro consigo mesmo. Se você não puder nutrir e ajudar a si mesmo, você não poderá nutrir e ajudar os outros.

19. Respeite outras crenças religiosas. Não force suas crenças sobre os outros.

20. Compartilhe sua boa fortuna com os outros. Participe com caridade.

CONSELHO INDÍGENA INTER-TRIBAL NORTE AMERICANO
Deste conselho participam as tribos : Cherokee Blackfoot, Cherokee,
Lumbee Tribe, Comanche, Mohawk, Willow Cree, Plains Cree, Tuscarora, Sicangu Lakota Sioux, Crow (Montana), Northern Cheyenne (Montana)


19 de out de 2009

Sonho Realidade

Sonho realizado ou Realidade sonhada?! Na verdade não importa!!!! no campo das infinitas possibilidades tudo acontece para aquele que acredita, e eu sou assim!!!!! Esta semana ouvi uma música durante uma festa dos anos 70, da Turma do Balão Mágico, que fez minha criança interior cantar e dançar muiiiiito!!!" ... Eu vivo sempre no mundo da lua... tenho alma de artista sou um gênio, sonhador e romântico.... tomar carona nesta cauda de cometa..." caso a letra não seja bem assim, tb não importa! o que vale é que hoje, um sonho se tornou realidade, com início de um Projeto sonhado há muitos anos, que nos trará a oportunidade de contribuir para o Planeta e para muitos idosos de uma Casa de Repouso aqui no RJ.
Esta idéia que tomou corpo , já existe há muito em meus devaneios, e agora é realidade. O Universo sabe exatamente COMO fazer para materializar nossos sonhos, por isso apenas " ENTREGO, CONFIO, ACEITO e AGRADEÇO"!!!!!!!!
Há algum tempo atraz, durante cursos na área de Emotologia e agora com o Ho'oponopono ,projetei um lugar(que não sabia onde, quando, nem porque...), voltado para o cultivo de Ervas Aromáticas e Plantas Medicinais, que beneficiasse muitas pessoas e que melhorasse as condições do nosso Planeta. Nos meus sonhos este lugar era muito grande, em uma área verde, que não tinha a menor idéia onde seria, muito menos as condições para fazer com que isto acontecesse...o tempo passou, e hoje esta área surge, para que juntos possamos realizar este trabalho!
Sou eternamente Grata a todos que direta ou indiretamente fazem parte desta história!
Paz e Bem!

11 de out de 2009

A Paz do EU

Abaixo deixo postada uma das petições do Ho'oponopono Identidade Própria:

A Paz esteja convosco. Toda a minha PAZ,
A PAZ que é EU, a PAZ que é EU SOU.
A PAZ para todo o tempo, agora e para sempre e eternamente.
Minha PAZ "EU" lhe dou; minha PAZ " EU" deixo contigo,
Não a PAZ do mundo, mas somente a MINHA PAZ.
A Paz do "EU"

10 de out de 2009

Da criança aos pais



Antes que seja tarde demais...

Não tenham medo de ser firmes comigo. Eu prefiro assim, pois sua firmeza me traz segurança.

Não me tratem com excesso de mimos. Nem tudo que peço e desejo ... me convém.

Não me corrijam na frente de outras pessoas. Prestarei muito mais atenção se vocês falarem comigo baixinho e a sós.

Não permitam que eu forme maus hábitos. Dependo de vocês para descobrir o que é certo, ou errado, na minha idade.

Não façam promessas apressadas. Lembrem-se de que me sinto mal, quando as promessas não são cumpridas.

Não me protejam das conseqüências dos meus atos. Às vezes, preciso aprender através da dor.

Não sejam falsos ou mentirosos. A falsidade me deixa confusa, desnorteada. E acabo perdendo a confiança em vocês.

Não me incomodem com ninharias. Se assim agirem, terei de proteger-me, aparentando surdez.

Nunca dêem a impressão de ser perfeitos ou infalíveis. O choque será grande demais quando eu descobrir que vocês estão longe disso.

Não digam que meus temores são tolices. Eles são terrivelmente reais. Se vocês usarem de compreensão para comigo, ficarei mais serena e tranqüila.

Não deixem sem resposta as minhas perguntas. Do contrário deixarei de fazê-las, buscando informações em algum outro lugar.

Não julguem humilhante um pedido de desculpas. Um perdão sincero torna-me surpreendentemente mais calorosa para com vocês.

Não subestimem a minha capacidade de imitação. Eu estarei sempre seguindo os seus passos com a certeza de que me conduzem pelo caminho certo.

Habituem-se a ouvir meus apelos silenciosos. Nem sempre consigo expressar meus sentimentos com palavras.

Respeitem as minhas limitações e fragilidades. Nem sempre consigo fazer tudo o que os deixa orgulhosos.

Ensinem-me a amar a Deus, pois não quero ser um adulto sem fé nem esperança. E não se esqueçam jamais que, para desabrochar e florescer, preciso de muita compreensão e carinho e, acima de tudo, de muito amor...


Autor:
"A criança". Livro Crestomatia da Imortalidade, Amélia Rodrigues, cap. 37 - A respeito de seu filho.


9 de out de 2009

O Valor de um sorriso



Não custa nada e rende muito.

Enriquece quem o recebe, sem empobrecer quem o dá.

Dura somente um instante, mas seus efeitos perduram para sempre.

Ninguém é tão rico que dele não precise. Ninguém é tão pobre que não o possa dar a todos.

Leva a felicidade a todos e a toda parte.

É o símbolo da amizade, da boa vontade. É alento para os desanimados, repouso para os cansados, raio de sol para os tristes, consolo para os desesperados.

Não se compra nem se empresta.

Nenhuma moeda do mundo pode pagar seu valor.

Você já sabe do que se trata?

Trata-se de um sorriso.

E não há ninguém que precise tanto de um sorriso como aqueles que não sabem mais sorrir.

Aqueles que perderam a esperança. Os que vagueiam sem rumo. Os que não acreditam mais que a felicidade é algo possível.

É tão fácil sorrir! Tudo fica mais agradável se em nossos lábios há um sorriso.

Tudo fica mais fácil se houver nos lábios dos que convivem conosco um sorriso sincero.

Alguns de nós pensamos que só devemos sorrir para as pessoas com as quais simpatizamos.

São tantas as que cruzam nosso caminho diariamente. Algumas com o cenho carregado por levar no íntimo as amarguras da caminhada áspera. Poderemos colaborar com um sorriso aberto, no mínimo para que essa pessoa se detenha e perceba que alguém lhe sorri, já que o sorriso é um alento.

Sorrir ao atender os pequeninos que acorrem nos semáforos à procura de moedas.

É tão triste ter que mendigar e mais triste ainda é receber palavras e gestos agressivos como resposta.

Se é verdade que essa situação nos incomoda, não é menos verdade que não gostaríamos de estar no lugar deles.

Eles são tão pequeninos!

Se têm a malícia dos adultos é porque os adultos os induzem a isso. Mas no íntimo são inocentes treinados para parecer espertos, em meio às situações mais adversas.

O sorriso é uma arma poderosa, da qual nos podemos servir em todas as situações.

Se, ao levantarmos pela manhã, cumprimentarmos os familiares com um largo sorriso, nosso dia certamente será melhor, mais alegre.

Se, ao entrarmos no elevador, saudarmos com um sorriso os que seguem conosco, ao invés de fecharmos o rosto e olharmos para cima ou para baixo, na tentativa de desviar os olhares, com certeza o nosso dia será mais feliz porque todos nos verão com simpatia e nos endereçarão energias salutares.

O sorriso é sempre bom para quem sorri e melhor ainda para quem o recebe.

O sorriso tem o poder de fazer mais amena a nossa caminhada.

Dessa forma, se não temos o hábito de levar a vida sorrindo, comecemos a cultivá-lo, e veremos !

O cenho carregado, ou seja, a cara amarrada, como se costuma dizer, traz ao corpo um desgaste maior que o promovido pelo sorriso.

Isto quer dizer que, quando sorrimos, utilizamos menos músculos e fazemos menos esforços.

Assim sendo, até por uma questão de economia, é mais vantajoso sorrir.



Autor:
Redação do Momento Espírita, com base em mensagem de autoria desconhecida

8 de out de 2009

Viver conscientemente


Você já pensou na diferença entre viver e existir?

Embora uma análise superficial dos dicionários nos dê a impressão de que os dois termos têm significados iguais, uma busca atenciosa pode sugerir algumas diferenças.

Para viver, basta ter vida. Todos os seres orgânicos vivem.

Para existir é preciso um certo grau de consciência. É saber retirar da vida o que ela tem de melhor para a evolução do ser.

Um sábio da antiguidade expressou bem essa idéia sintetizando-a em uma frase célebre: "penso, logo, existo."

Existir pressupõe uma ação consciente, exige a ação do pensamento.

Existir é ser, estar, permanecer.

Sob esse ponto de vista, podemos nos questionar se existimos de fato ou simplesmente vivemos, passando pela vida de forma quase inconsciente.

Grande parte dos seres humanos vive sem dar a devida atenção às circunstâncias à sua volta.

Permitimos que a nossa existência se transforme num automatismo pernicioso e paralisante.

É como se, ao acordar pela manhã, ligássemos o "piloto automático" e nos deixássemos por ele conduzir, sem estar efetivamente desperto.

A tal ponto isso é real que, ao anoitecer, poucos se lembram dos fatos ocorridos no decorrer do dia.

E esse tipo de comportamento é extremamente prejudicial porque nos conduz ao final da vida física sem que tenhamos retirado dela os ensinamentos necessários.

Não é outro o motivo pelo qual as massas são facilmente conduzidas, tangidas pelas idéias dos que pensam e gostam de manipular seres distraídos.

É dessa forma que somos seduzidos pelos modismos, vícios, e outros interesses mesquinhos que surgem apontando soluções fáceis, mas ilusórias.

Vale a pena que possamos dar outro sabor à nossa vida e passemos a existir conscientemente.

Refletindo no que é melhor para nós mesmos e para nossos familiares, amigos e vizinhos.

Não nos deixando levar por propostas infelizes que só nos farão sofrer mais tarde.

Procurando conjugar o verbo SER ao invés de nos atermos somente no TER.

Analisar as mensagens veiculadas pela mídia, a fim de que possamos retirar as boas idéias e descartar as que complicarão as nossas vidas.

Assim, a opção será sempre nossa: passar pela vida como autômatos ou existir com consciência desperta.

Aquele que opta por viver como outro ser orgânico qualquer, teme a morte física. Mas aquele que existe de forma consciente, passa a aduana do túmulo com lucidez e segue existindo.

Há pessoas que vivem praticamente do estômago para baixo. Comem, bebem, fazem sexo, torcem para seu time favorito, brigam por ele, dormem e, por fim, morrem.

Esses são os chamados "homens fisiológicos".

Só pensam em si mesmos. Encaram o trabalho como uma obrigação e não ensinam a ninguém o pouco que sabem.

E há os homens psicológicos. São aqueles que, sem deixar de atender as funções fisiológicas, têm muita fome intelectual.

Lêem bastante, meditam, raciocinam, iluminam a mente com idéias salutares e contribuem positivamente para um mundo melhor.

Seu trabalho é eficiente e geralmente fazem o que podem para ensinar aos colegas tudo o que sabem.

São pessoas que existem de forma consciente. Têm, no dizer de Jesus, olhos de ver e ouvidos de ouvir.

Pense nisso!



Redação do Momento Espírita

4 de out de 2009

Comida viva

PLANETA SUSTENTÁVEL

Brotos, grãos, sementes, raízes. Conheça o menu da moda, que, além de delicioso e supernutritivo, oferece uma alternativa para a saúde – a sua e também a do planeta – e desperta o apetite de quem quer ganhar energia sem precisar cozinhar nada

Você já sabe que consumir verduras frescas, grãos e sementes é um prêmio para a saúde e a silhueta. Agora, imagine um cardápio tão fresco e natural queos ingredientes – orgânicos, para o bem da Terra – ainda estão vivinhos na hora de comer. Assim é a comida viva, que prioriza o consumo de alimentos crus e grãos germinados. Para experimentar, não é preciso fazer nenhuma mudança radical em sua dieta do dia a dia. “Em vez de restringir demais, preferimos estimular a introdução de itens saudáveis;desse modo, o próprio corpo tende a fazer escolhas melhores a cada refeição”, explica o cirurgião Alberto Peribanez Gonzalez, doutor em microcirculação e nutracêutica (especialidade que estuda o poder curativo dos alimentos) e autor do livro Lugar de Médico É na Cozinha (Ed. Alaúde). Ele acredita que apenas os alimentos vivos são capazes de eliminar de forma eficaz resíduos e toxinas acumulados em nosso organismo.

Outra vantagem é o preparo rápido: basta um bom liquidificador, facas e peneiras. O fogão (usado apenas para amornar sopas e ensopados de vegetais) deixa de ser protagonista. “A digestão é mais fácil, o que contribui para aumentar a disposição, já que se gasta bem menos energia no processo digestivo”, explica Ana Branco, pesquisadora alimentar e pioneira da comida viva no Brasil. Para ela, que também é professora de desenho industrial na PUC-Rio, essa opção alimentar é uma espécie de arte. “Desperta os sentidos e a criatividade”, diz a mestra, que há 15 anos coordena o projeto Convivências com o Biochip, em que são investigados os poderes dos frutos da Terra.
"As sementes germinadas são como um chip que concentra energia vital; daí vem o nome biochip. Antes, minhas oficinas eram procuradas para curar doenças. Hoje, muita gente vem porque realmente gosta. Já cheguei a formar grupos de 150 pessoas. Para quem não sabe cozinhar, então, é uma beleza. Por isso, atrai muitos homens e jovens em busca de vitalidade.”

Segundo Ana, depois de uma semana tomando suco verde enriquecido com brotos (veja a receita do Suco da Luz do Sol*), já é possível sentir a diferença. “Um copo de 300 mililitros supre as necessidades calóricas e proteicas por até três horas, diminui a acidez gástrica e regula o intestino”, completa o médico Alberto Gonzáles. Ela também recomenda experimentar e incorporar ao cardápio alternativas como o “canelone vivo”, cuja massa é feita com finas fatias de abobrinha crua, o que dá a mesma textura do macarrão al dente. No recheio, em vez de queijo, pasta de castanha-do-pará (veja no site esta e outras receitas).
A história do mineiro Flávio Passos, 27 anos, chef de cozinha, é considerada exemplar pelos adeptos dessa nova onda: ele revela que, quando garoto, consumia somente enlatados, batatas fritas, refrigerantes, chocolate, macarrão instantâneo e nada de alimentos naturais, como verduras e frutas, nem grãos integrais.

Costumava sentir tonturas, dores de cabeça e enjoos. Aos 15 anos, descobriu que estava com cirrose, grave doença do fígado. “Quando tive que cuidar da alimentação, percebi que era difícil cortar o que fazia mal e apenas acrescentei verduras, legumes e grãos integrais. Melhorei e, há anos, controlo a doença sem medicamentos”, comemora. Flávio acabou estudando nutrição e tornou-se professor de alimentação viva.


SUCO DA LUZ DO SOL
Ingredientes:
2 maçãs, sem sementes, em pedaços.
Um punhado de legumes e raízes crus, como cenoura, pepino, abóbora, abobrinha, nabo, inhame, quiabo, couve-flor, gengibre (para um toque picante) Um punhado de folhas verdes comestíveis, como couve, chicória, hortelã, almeirão, rúcula, agrião Um punhado de sementes de girassol germinadas (veja abaixo como germinar)

Preparo: Primeiro, coloque as maçãs na centrífuga. Junte os grãos germinados, em seguida as folhas, os legumes e a raiz. Beba imediatamente.
Obs. Prefira os orgânicos e varie sempre os ingredientes. A maçã equivale à água do suco e deve ser o elemento constante. Se quiser, pode acrescentar outras frutas, exceto melão e melancia. Não coloque água e regule o sabor a gosto: a maçã acentua o doce; folhas escuras, o amargo.

BROTO LEGAL
É possível fazer o suco verde sem os brotos, mas eles o enriquecem, pois concentram as qualidades nutritivas da planta. Ana Branco ensina a fazer a germinação:
1. Compre sementes cruas de girassol sem casca (vendidas em boas casas de produtos naturais).
2. Coloque de 1 a 3 colheres (sopa) das sementes em um vidro de boca larga. Cubra com água limpa.
3. Deixe de molho por uma noite ou, no mínimo, por oito horas.
4. Cubra o vidro com um pedaço de filó, prenda o tecido com um elástico e emborque o vidro para escorrer. Enxágue bem os grãos em água corrente. Escorra novamente.
5. Incline o vidro em um escorredor, em lugar sombreado e fresco. Deixe mais oito horas 6. Antes de comer ou adicionar ao suco, sempre lave os brotos em água corrente esfregando muito bem para eliminar todos os resíduos e gases tóxicos naturais da germinação.


Liliane Oraggio
08/2009

3 de out de 2009

Imagine

Sonhar é preciso!!!!!! Esta letra fala ao coração de todos os sonhadores, que assim como eu, acreditam que "SIM, NÓS PODEMOS", viver em um mundo melhor!!!!!

video

9 de set de 2009

Pais Brilhantes

Há algum tempo atras, o livro referido abaixo foi importante na compreensão de algumas dúvidas que vivenciei como mãe. Pais de um modo geral, costumam repetir padrões de geração a geração, e quando menos esperamos, lá estamos nós com as mesmas " memórias" , como um disco emperrado...ainda hoje, se não estiver focada nos meus sentimentos e pensamentos quando uma situação aparece relacionada minha postura enquanto mãe, re enceno um personagem que não sou eu. Entretanto , agora é mais fãcil re ajustar minha rota,mas o treino é constante.
Sou grata as oportunidades que minha filha me proporciona, porque é atraves dela que desenvolvo estas potencialidades Divinas.
"Este hábito dos pais brilhantes contribui para desenvolver:
conciência crítica, pensar antes de agir, fidelidade, honestidade, capacidade de questionar, responsabilidade social.
Bons pais corrigem falhas, pais brilhantes ensinam os filhos a pensar.
Entre corrigir erros e ensinar a pensar existem mais mistérios do que imagina nossa vã psicologia.
Não seja um perito em criticar comportamentos inadequados, seja perito em fazer seus filhos refletirem.
As velhas broncas e os conhecidos sermões definitivamente não funcionam, só desgastam a relação.
Quando você abre a boca para repetir as mesmas coisas, detona um gatilho inconsciente que abre determinados arquivos da memória que contêm as velhas críticas.
Seus filhos já saberão e se defenderão.
Consequentemente, o que vc disser não ecoará dentro deles, não gerará um momento educacional.
Este processo é inconsciente.
Quando seu filho erra, ele já espera uma atitude sua.
Se o que vc diz não causa impacto na sua emoção, o fenômeno RAM não produzirá um registro inteligente, e, consequentemente, não haverá crescimento, mas sofrimento. Não insista em repetir as mesmas coisas
para os mesmos erros, para as mesmas teimosias.
Às vezes, insistimos anos a fio dizendo as mesmas coisas, e os jovens continuam repetindo as mesmas falhas. Eles são teimosos e nós, estúpidos. Educar não é repetir palavras, é criar idéias, é encantar. Os mesmos erros merecem novas atitudes. Se nossos filhos fossem computadores, poderíamos repetir a mesma reação para corrigir o mesmo defeito.
Mas eles possuem uma inteligência complexa.
A personalidade das crianças e dos jovens está em constante ebulição, porque nunca se interrompe a construção de pensamentos. É impossível parar de pensar, até a tentativa de interrupção do pensamento já é um pensamento. Nem ao dormir interrompemos os pensamentos, por isso sonhamos.
Pensar é inevitável, mas pensar demais gera um desgaste violento de energia cerebral, prejudicando drasticamente a qualidade de Vida.
Não seja um manual de regras.
Os computadores são pobres engenhocas comparados à inteligência de qualquer criança, mesmo das crianças especiais. Mas insistimos em educar nossos filhos como se fossem aparelhos lógicos que precisam apenas seguir um manual de regras. Cada jovem é um mundo a ser explorado.
Regras são boas para consertar computadores.
Dizer "faça isso" "ou faça aquilo", sem explicar as causas, sem estimular a arte de pensar, produz robôs e não jovens que pensam.
Creio que 99% das críticas e das correções dos pais são inúteis, não influenciam a personalidade dos jovens. Além de não educar, elas geram mais agressividade e distanciamento. O que fazer?
Surpreendê-los!
Pais brilhantes conhecem o funcionamento da mente para educar melhor. Eles têm consciência de que precisam ganhar primeiro o território da emoção, para depois ganhar o anfiteatro dos pensamentos e, em último lugar, conquistar os solos conscientes e inconscientes da memória, que é a caixa de segredos da personalidade.
Eles surpreendem a emoção com gestos ímpares.
Deste modo, geram fantásticos momentos educacionais.
Surpreender os filhos é dizer coisas que eles não esperam, reagir de modo diferente diante dos seus erros, superar as suas expectativas.
Por exemplo: seu filho acabou de levantar a voz para VC.
O que fazer?
Ele espera que vc grite e o castigue!
Mas,em vez disso, vc inicialmente se cala, relaxa e depois diz algo que o deixa pasmo: "Eu não esperava que vc me ofendesse desse jeito. Apesar da dor que vc me causou, eu amo e respeito muito VC."
Após dizer essas palavras, o pai sai de cena e deixa o filho pensar. A resposta do pai abalará os alicerces de sua agressividade.
Se vc quiser causar um impacto enorme no Universo emocional e racional dos seus filhos, use de criatividade e sinceridade.
Entretando, não é apenas com um gesto que vc garantirá a conquista, mas através de uma pauta de vida.
Se vc educa a inteligência emocional dos filhos com elogios quando eles esperam uma bronca, com um encorajamento quando eles esperam uma reação agressiva, com uma atitude afetuosa quando eles esperam um ataque de raiva, eles se encantarão e registrarão vc com grandeza.
Os pais se tornarão assim agentes de mudança.
Bons pais dizem aos filhos:"Vc está errado."
Pais brilhantes dizem: "O que vc acha do seu comportamento?"
Bons pais dizem: "Vc falhou de novo."
Pais brilhantes dizem: "Pense antes de reagir."
Bons pais punem quando os filhos fracassam; pais brilhantes
os estimulam a fazer de cada lágrima uma oportunidade de crescimento.
Uma das coisas mais importantes na educação é levar um filho a admirar seu educador. Um pai pode ser um trabalhador braçal, mas, se encanta seu filho, será grande dentro dele. Um pai pode ser grande no meio empresarial, ter milhares de funcionários, mas, se não encantar seu filho, será pequeno em sua alma.
Seja um mestre da inteligência, ensine-o a pensar.
Deixe-os fotografar a pessoa brilhante que vc é.
Será que este clamor encontrará um eco?"

Do Livro Pais brilhantes & Professores fascinantes
(Augusto Cury)




Energia Quântica

EARTH PLANET

Uma Prece ao Melhor do teu Ser

Gregg Braden- Sentimentos, Emoções...

Eletrofisiologia da Intuição

A VIDA É MÁGICA

Prosperar

Cura Energética- Gregg Braden

ROBERT HAPPÉ

Transformando seus Sonhos em Realidade 1

Transformando seus sonhos 2

Transformando seus Sonhos 3

Livro Homeopatia e Energia

O PODER DA INTENÇÃO

Intenção 2

Intenção 3

Validação

ValidaçãoII